Vini Jr. ameaçado? Como fica a corrida pela Bola de Ouro após queda do Brasil

Favorito ao prêmio, brasileiro perde chance de título na Copa América, enquanto concorrentes Bellingham e Mbappé seguem vivos na Euro

CVNEWS/REDAçãO GE


Grande atuação de Vini Jr. na Copa América foi contra o Paraguai

Ao fim do dia 1º de junho, havia quase uma unanimidade no futebol: Vinicius Junior era o grande favorito à Bola de Ouro. Afinal, naquele sábado, ele foi campeão da Champions League com o Real Madrid, com gol na final, após grande protagonismo no mata-mata. Pouco mais de um mês depois, o Brasil caiu na Copa América, e o cenário mudou.

Suspenso, Vini Jr. viu das tribunas do estádio em Las Vegas o Brasil ser eliminado para o Uruguai. Ele se despediu do torneio com dois gols em três jogos na fase de grupos. A participação do atacante na competição se resumiu à grande atuação na goleada contra o Paraguai, única vitória da Seleção na Copa América.

Enquanto isso, mesmo que sem tanto brilho, seus principais concorrentes na corrida pelos prêmios individuais seguem vivos na Euro. Bellingham é o destaque de uma Inglaterra que chegou aos trancos e barrancos na semifinal. Mbappé vive a mesma situação pela França.

Mas o histórico recente mostra que um título continental por uma seleção tem peso nessa disputa. Especialmente depois de uma grande temporada pelo clube. Bellingham e Mbappé podem se enfrentar em uma eventual decisão e, portanto, teriam mais dois jogos para brilhar.

A ameaça à coroação de Vini Jr. foi debatida pelos dois principais jornais esportivos de Madri depois da queda do Brasil para o Uruguai. Em uma coluna no jornal Marca, o jornalista Ruben Jimenez indicou que a discussão está aberta.

— A Bola de Ouro de Vinicius está em perigo? Suspenso, ele teve de assistir à derrota de seu time das arquibancadas nas quartas de final, muito longe do título que lhe teria garantido o prêmio quase que automaticamente. Com Bellingham ainda vivo na Eurocopa... talvez o debate seja reaberto — escreveu Jimenez, do Marca.

O diário As brincou e escreveu que “Bellingham ‘celebrou’ a queda de Vinicius'. O jornal reiterou que não haveria dúvidas do prêmio a Vini, em caso de título do Brasil na Copa América.

— Vinicius, que começou como favorito, teria sido o vencedor inquestionável se também tivesse se sagrado campeão da Copa América. Tendo perdido nas quartas de final para o Uruguai – e com ele na arquibancada por dois cartões amarelos na primeira fase –, as opções estão abertas para quem vem atrás — escreveu o jornalista Aritz Gabilondo no As.

+ Bola de Ouro x Fifa The Best: veja diferença entre prêmios

Outros nomes correm por fora. Chuteira de Ouro na Europa, mas ainda sem títulos na temporada – e na carreira –, Kane pode surgir como candidato se brilhar muito na reta final da Euro. Assim como para Foden, eleito o melhor jogador da Premier League 2023/24.

Em uma prateleira abaixo, vêm Rodri, da Espanha e do Manchester City, e Lautaro Martínez, artilheiro da Inter de Milão e da Copa América, na Argentina.

Organizada pela revista France Football, a Bola de Ouro 2024 será a primeira edição em parceria com a Uefa. A cerimônia será no dia 28 de outubro, em Paris. Para eleger o melhor da temporada, a organização do prêmio indica 30 nomes e recolhe os votos de 100 jornalistas representantes de cada um dos 100 países mais bem posicionados no ranking da Fifa.

O Fifa The Best, outra importante premiação internacional, ainda não tem data definida. O troféu da entidade máxima do futebol tem colégio eleitoral e métodos diferentes: capitães e técnicos das seleções, além de jornalistas de todos seus países afiliados e internautas votam entre 10 a 11 finalistas escolhidos por um painel técnico.



COMENTÁRIOS