Pai diz que enterrou feto por não saber o que fazer após esposa sofrer aborto em MS

Caso é investigado pela Polícia Civil

CVNEWS/MIDIAMAX


Feto estava enterrado - Foto: Henrique Arakaki, Midiamax

Morador no Jardim Inápolis, homem de 36 anos que enterrou feto na frente de casa disse à polícia que tomou a decisão por não saber o que fazer. O feto foi encontrado na manhã desta sexta-feira (3) e o caso está em investigação.

Segundo detalhado no boletim de ocorrência, a mulher, de 35 anos, foi encaminhada para a maternidade Cândido Mariano. O filho contou aos policiais que ela passou mal durante a madrugada e foi socorrida por uma ambulância.

Em contato com o esposo, por telefone, ele revelou aos policiais que por volta das 4 horas a esposa passou mal e ele percebeu que sangue escorrendo pelas pernas da mulher. Depois, acabou percebendo o aborto do feto, de aproximadamente 10 centímetros.

O homem disse que ficou sem saber o que fazer e tomou a decisão de enterrar o feto na frente da casa, perto de um muro. Ele ainda marcou o local com uma tábua e uma pedra. Depois, acionou o Corpo de Bombeiros, que encaminhou a mulher para a maternidade.

Polícia Militar e Polícia Civil estiveram na residência, além da Perícia. O caso é investigado como aborto provocado com ou sem consentimento da gestante e foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.



COMENTÁRIOS