Mulheres voltam, mas 11 homens somem após “saidinha' de presídio no fim de ano em MS

Ao todo, foram liberados 455 internos entre homens e mulheres entre os dias 24 e 31 de dezembro

CVNEWS/CGNEWS


Entrada do presídio da Gameleira, em Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Dos 455 internos do sistema penitenciário em Campo Grande que saíram temporariamente para as comemorações de Natal e Ano Novo, 11 homens não retornaram para os presídios. O número representa 2,41% do total de todos os beneficiados. Já as mulheres retornaram em peso, 100% compareceu na data marcada. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (3/1).

O índice de evasão agora é levemente maior que o de 2023. No ano passado, dos 742 detentos beneficiados com a saída temporária de fim de ano, 17 não retornaram, 2,30%.

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) lembra que os presos liberados cumprem pena nos regimes aberto e semiaberto. A informação inicial era de que 472 teriam o direito a saída, mas apenas 455 realmente foram liberados.

As mulheres beneficiadas saíram de forma escalonada e tinham datas de retorno diferente. O primeiro grupo saiu dia 24 de dezembro e retornou ontem (2), o segundo foi liberado no mesmo dia, mas retornou dia 26 de dezembro e o terceiro saiu dia 31 de dezembro e voltou dia 2 de janeiro. Todas retornaram no prazo.

Já os homens, uma parte saiu para o feriado de Natal e outra para o de Ano Novo, no entanto, 11 reeducandos não retornaram e são considerados evadidos.



COMENTÁRIOS